Please enable JavaScript to view the comments powered by Disqus. blog comments powered by Disqus

Consultoria: Fisioterapia aquática na Paralisia Cerebral



Olá,

Sou mãe de um portador de Paralisia Cerebral e adorei o blog. Estamos reformando a nossa piscina para "brincar" com nosso filho. Nesses seis anos de vida dele, aprendemos que podemos ajudar muito no processo de reabilitação dele, sem substituir, evidentemente, os profissionais. Ele é diplégico, anda com auxilio de andador e seria muito legal receber dicas de como brincar com ele na água em prol de mais equilíbrio e independência na marcha.

Valdinei C. S.
Brasilia - DF

Resposta: Olá Valdinei, como você mesma disse neste caso fica difícil substituir um profissional, já que os manuseios para aquisição de maior equilíbrio e consequente independência na marcha, são bem específicos e variam de acordo com a adaptação da criança ao meio líquido, a amplitude de movimento de quadril, joelho e tornozelo e a força dos membros inferiores, glúteos e abdome.

Eu posso afirmar que o aumento de condicionamento físico, será de grande ajuda, para que ele se desloque com menos desgaste, assim pedalar na piscina em suspensão com auxílio de uma bola circular é bastante válido.

Não deixe de consultar um médico para avaliar as questões ortopédicas que viabilizem um melhor alinhamento biomecânico, e de manter a fisioterapia para que os músculos menos ativados no cotidiano não evoluam para posteriores encurtamentos/deformidades.

Atenciosamente,
Juliana Borges da Silva 
blog comments powered by Disqus